Em formação

Cruz Vermelha ensina primeiros socorros aos pais

Cruz Vermelha ensina primeiros socorros aos pais

Ele se engasgou com um pedaço de biscoito, está com um ferimento e não sei se precisa de pontos, caiu e acho que bateu com a cabeça, o nosso gato arranhou-o, tocou na porta do forno e se queimou ... Quem não se viu pronunciando essas mesmas palavras ou palavras semelhantes na frente do pediatra de emergência? E estes são apenas alguns dos acidentes inesperados que podemos viver com nosso bebê.

O que podemos fazer? Se soubéssemos como reagir, não teríamos tão nervosoMuitos pais podem ter pensado que, como nós, esperaram ansiosamente na sala de emergência do hospital que nos contassem algo positivo sobre o estado de nosso filho.

Ter algumas noções sobre os primeiros socorros do bebê é essencial quando você tem filhos. Você nunca sabe o que pode acontecer e as vezes, saber como reagir nos primeiros minutos antes de ir para o hospital é muito importante. Segundo a Cruz Vermelha, “saber agir com eficiência e rapidez em caso de sinistro ajuda a salvar muitas vidas”.

Por esse motivo, se você se interessa pelo tema Primeiros Socorros, no próximo final de semana 20 e 21 de novembro na Feira dos Bebês e Mamás, que acontece no recinto de feiras Ifema em Madrid, os responsáveis ​​pela Cruz Vermelha vão ensinar Oficinas de primeiros socorros para bebês onde eles vão nos ensinar a reduzir possíveis riscos e agir em caso de acidentes. O objetivo dessas oficinas é familiarizar o participante com o conhecimento da Técnicas, atitudes e habilidades comuns de primeiros socorros.

O workshop incluirá treinamento sobre como agir quando engasgar, o que fazer quando chorar espasmos ou como curar uma queimadura, entre outras perguntas frequentes que pais com crianças em idade escolar costumam fazer.

Marisol New.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Cruz Vermelha ensina primeiros socorros aos pais, na categoria Primeiros Socorros no local.


Vídeo: Cruz Vermelha forma voluntários para explicar como desfrutar do sol de forma cui (Setembro 2021).